Arquivo | Coluna da Mari – Sorria!! RSS feed for this section

Sensibilidade dental {Sorria!!}

12 jan

“Oi meninas, voltei da pseudo-férias da coluninha Sorria! rsss

Hoje abordo um assunto muito comum à todos: a sensibilidade dos dentes.

O que quer dizer ter dentes sensíveis?

A sensibilidade dentária é a dor causada por desgaste da superfície do dente.

A causa mais comum desta sensibilidade na pessoa adulta é a exposição da raiz dos dentes na área cervical, ou colo, devido à retração gengival. Como a raiz não está coberta pelo esmalte, milhares de canalículos que vão do centro do dente e levam o feixe nervoso da polpa até a superfície ficam expostos e acusam a dor.

Quando o calor, frio ou pressão afeta esses canalículos, você sente dor.

Ignorar os dentes sensíveis pode levar a outros problemas de saúde bucal. Especialmente se a dor fizer com que você não escove bem seus dentes, tornando-os vulneráveis às cáries e doenças gengivais.

Como saber se meus dentes são sensíveis?

Se você sentir uma sensação dolorosa em seus dentes após tomar bebidas ou comer comidas quentes ou frias, seus dentes são sensíveis. Mas não é só você que sente isto. É um problema que afeta um em cada quatro adultos, às vezes de forma não permanente.

Como tratar dentes sensíveis?

Em primeiro lugar, fale com seu dentista.

A sensibilidade dos dentes geralmente pode ser tratada e curada. Seu dentista pode prescrever flúor em gel ou um enxagüante bucal com flúor.

Você também pode tentar cremes dentais de baixa abrasividade com formulações feitas especialmente para dentes sensíveis. Pergunte ao seu dentista quais são os produtos mais adequados para o seu problema de sensibilidade.

Tenha cuidado com a escovação e evite que seus dentes se desgastem ainda mais. Uma escovação muito forte, uma prótese parcial com grampos e aparelhos muito apertados e justos podem também levar à abrasão.

Espero que tenham gostado,

Beijos e excelente semana!!

***A Dra. Mariana H. J. P. C. Correa é cirurgiã dentista especializada em endodontia. Atende diariamente em seu consultório das 8h às 20h na R. Cel.Eugênio Motta nº42 1ºandar no centro de Boituva/SP

Anúncios

Fio dental- o poderoso aliado {Sorria!!}

15 dez

“Oi meninas bom dia!

Hoje vou focar no exercício de um hábito de ouro que não pode ser desprezado em hipótese alguma: o uso do fio dental.

Muitas vezes, após escovar seus dentes, você ainda é surpreendido por um gostinho desagradável na boca.

É que fatalmente sobraram resíduos de alimentos e placa bacteriana entre alguns dentes, que as cerdas da escova não conseguiram alcançar e eliminar.

#Os riscos

Além desse gostinho inoportuno, você ainda corre sérios riscos adicionais: persistência de mau hálito, aparecimento de cáries e de doenças da gengiva.

# Por quê?

Porque é justamente na região entre os dentes (local de difícil acesso para a higienização) que há uma forte tendência de cáries e de problemas na gengiva de forma mais grave.

 E o seu dentista terá uma dificuladade maior também para executar as restaurações e obturações.

#A solução salvadora

É o fio dental.  Ele consegue chegar até onde sua escova não consegue e remove aqueles últimos restinhos de alimentos que insistem em ficar entre os dentes, tanto nos da frente como nos de trás.

E remove também a placa bacteriana: você a vê saindo dos dentes e ficando agarrada no fio dental

#Como usar corretamente o fio dental?

1) Corte um pedaço de aproximadamente 30 centímetros. Enrole uma ponta do fio no dedo médio de cada mão.
2) Prenda o fio esticado antre o polegar e o indocador, deixando livre um pequeno pedaço de uns 10 centímentros de fio dental.
3) Passe o fio entre os dentes, sem pressionar a gengiva, fazendo movimentos de “vai-e-vem”.
4) Curve o fio formando um “C” sobre a superfície de cada dente.
5) Repita a operação para cada dente, seguindo a seqüência dos dentes dec trás para os frentes.

#A escolha do fio dental

A espessura do fio pode variar, dependendo da dificuldade de cada pessoa em passá-lo entre os dentes.

Assim, existe o “Normal”, o “Extra-Fino” e outros.

 O ideal é você experimentar na primeira vez juntamente com o seu dentista, assim ele poderá ajudar na escolha da espessura mais apropriada aos seus dentes.

Fica a minha dica: não deixem de usá-lo!

Beijos e até a próxima coluna!! ”

***A Dra. Mariana H. J. P. C. Correa é cirurgiã dentista especializada em endodontia. Atende diariamente em seu consultório das 8h às 20h na R. Cel.Eugênio Motta nº42 1ºandar no centro de Boituva/SP

Coluna da Mari – Sorria!!

8 dez

“Oi meninas!

Adorei o convite para ter um  espacinho semanal no blog,  espero  que curtam  a coluna tanto quanto eu estou curtindo!

Aqui, postarei semanalmente cuidados e informações preciosas para que cada leitora saia por aí rindo a toa!

Hoje vou tratar de um  assunto que muita gente me questiona…

CLAREAMENTO DENTAL

Com  o passar dos anos, os nossos dentes vão escurecendo e cada vez mais ficamos com aquele sorriso amarelo.

Ao contrário do que muitos pensam, não é necessário esperar que os dentes estejam manchados ou escuros demais para optar por um  clareamento.

O clareamento é recomendado para todo paciente insatisfeito com a cor de seus dentes.

Não existem tratamentos mais ou menos eficazes.

Na verdade todos os tipos de clareamento seguem  o mesmo princípio: a ação de um gel (peróxido de hidrogênio ou carbamida) em  diferentes concentrações, que libera oxigênio, e este altera a cor do dente.

Vários fatores podem provocar o escurecimento dos dentes: as causas mais comuns são os tratamentos de canal ou endodônticos, a ingestão de alimentos muito corantes como refrigerantes, café, vinho tinto, chocolate, legumes e verduras e ainda, o cigarro.

Para amenizar o efeito de produtos corantes nos dentes é preciso evitar a ingestão em  excesso de alguns alimentos como o café, chocolate e o refrigerante.

Como o clareamento dental é um  processo químico, os odontologistas não recomendam fazer sem a orientação de um  profissional.

O  uso indiscriminado de produtos vendidos por telefone pode trazer problemas como hipersensibilidade e enfraquecimento dos dentes e ainda danos à gengiva,  já que as moldeiras que acompanham  os produtos são comerciais (isto é, não são completamente adequadas ao formato de sua arcada dentária).

O gel não é abrasivo nem  enfraquece os dentes (quanto maior a sua concentração, mais rápido pode ser o clareamento).

 Concentrações acima de 20% só podem ser feitas em consultório: o  gel nessas concentrações queima as mucosas e necessita cuidados especiais. E

Existe também o clareamento caseiro feito com  gel de 3,5 a 20% e moldeiras de silicone.

Para apresentar resultados, o tratamento caseiro demora 15 dias e o uso do gel e da moldeira varia de 1 a 6 horas por dia.

Os tratamentos feitos em consultório exigem pelo menos 2 sessões de cerca de 1h30 a 2 horas e o gel é ativado por uma fonte de luz (LED, Laser ou associação dos dois).

 Tem  a duração de sete a dez dias, podendo variar dependendo do grau do escurecimento.

A duração do resultado final depende dos hábitos alimentares e de higiene de cada pessoa.

Os dentes podem voltar a escurecer novamente, porém  nunca como eram  antes do tratamento.Não existe tratamento em  sessão única.

É só estratégia de marketing pois o resultado é subjetivo.

Não é possível prever ou afirmar quantos tons o dente vai clarear. Depende da resposta biológica de cada um. O efeito do tratamento dura de 2 a 3 anos

No tratamento caseiro é melhor esperar pelo menos duas horas de intervalo para ingerir alimentos como café e refrigerante, por exemplo- para dar tempo de o dente hidratar.

O maior de todos os mitos é o fato dos peróxidos serem potencializadores de tumores; na verdade são, porém em concentração acima de 50%. Utilizamos 35% e sem contato nenhum com tecidos moles ou mucosas.

Não há relatos de problemas sistêmicos associados a tratamentos clareadores.

Outro ponto que deve ser lembrado é que o clareamento não funciona nos dentes com restaurações e próteses.

Geralmente após o clareamento, é possível que o paciente necessite trocar algumas restaurações estéticas ou próteses que podem ficar mais escuras que os dentes sadios.

Espero que tenham gostado!

Beijos e até quarta feira*** ”

***A Dra. Mariana H. J. P. C. Correa é cirurgiã dentista especializada em endodontia. Atende diariamente em seu consultório das 8h às 20h na R. Cel.Eugênio Motta nº42 1ºandar no centro de Boituva/SP