Arquivo | Dica de ouro RSS feed for this section

Isso sim é dica de ouro!

29 mar

Atendendo a pedidos, aqui estão algumas dicas para identificar e aumentar sua auto-estima:

O que é auto-estima?

É a opinião e o sentimento que cada pessoa tem por si mesma.É ser capaz de respeitar, confiar e gostar de si.

Melhor caminho para o autoconhecimento: diálogo interno

Características da baixa auto-estima:

– insegurança
– inadequação- perfeccionismo
– dúvidas constantes
– incerto do que se é
– sentimento vago de não ser capaz de realizar nada >> depressão
– não se permite errar
– necessidade de: agradar
– aprovação
– reconhecimento

O que diminui a auto-estima?

– críticas e autocríticas
– culpa– abandono- rejeição
– carência
– frustração
– vergonha
– inveja
– timidez
– insegurança
– medo
– humilhação
– raiva
– e, principalmente: perdas e dependência (financeira e emocional)

Quando começa a se formar?

Na infância. A partir de como as outras pessoas nos tratam. Quando criança pode-se alimentar ou destruir a autoconfiança. Auto-estima baixa geralmente está relacionada a falsos valores. Crença que é necessária aprovação da mãe ou pai.

Para elevar a auto-estima é preciso:

– autoconhecimento
– manter-se em forma física (gostar da imagem refletida no espelho)
– identificar as qualidades e não só os defeitos
– aprender com a experiência passada
– tratar-se com amor e carinho

– ouvir a intuição (o que aumenta a autoconfiança)

– manter diálogo interno- acreditar que merece ser amado(a) e é especial

– fazer todo dia algo que o deixe feliz. Pode ser coisas simples como dançar, ler, descansar, ouvir música, caminhar.
Resultados da auto-estima elevada

– mais à vontade em oferecer e receber elogios, expressões de afeto

– sentimentos de ansiedade e insegurança diminuem

– harmonia entre o que sente e oque diz

– necessidade de aprovação diminui

– maior flexibilidade aos fatos

– autoconfiança elevada

– amor-próprio aumenta

– satisfação pessoal

– maior desempenho profissional

– relações saudáveis

– paz interior.

Fica a dica!!

Beijoos!

Anúncios

Sestita!! {soninho pós almoço}

14 mar

Para minha amiga Stéfani Gil (tetê!).

Principalmente na Espanha há uma prática comum para muitas pessoas após o almoço: a chamada sesta, que consiste em um cochilo.

Na capital, Madri, é corriqueiro encontrar numerosas lojas fechadas no início da tarde em lugares movimentados, teoricamente em um momento de grande proveito comercial para os empresários. Mesmo assim, alguns lojistas preferem fechar seus estabelecimentos por um motivo muito simples: dormir.

O que parece estranho aos nossos olhos é uma prática saudável e que deveria ser seguida por todas as pessoas (eu por exemplo, luto por essa causa! rs).

Dormir após o almoço não é sinônimo de preguiça (não mesmo!) ou falta do que fazer, mas sim uma recomendação médica capaz de melhorar o desempenho nas atividades durante os períodos vespertino e noturno e, consequentemente, trazer mais saúde.

A sesta não é um capricho.

O corpo pede esse descanso, é uma necessidade fisiológica (cochilem sem peso na consciência!).

Estudos mostram que os profissionais que têm um período de descanso depois do almoço, mesmo que não seja um sono profundo, possuem maior propensão a apresentar produtividade superior do que os demais companheiros que não investem tempo no descanso durante o expediente.

O cochilo após o almoço faz parte do ciclo normal de sonolência do ser humano. Contudo, os homens, ao longo da história, passaram a dar cada vez menos importância a essa relevante característica fisiológica.

É algo muito positivo pelo ciclo de vigília e sono das pessoas. Após o almoço, a gente tem um pico de sonolência, e uma soneca de meia hora é reparadora.

Difícil é deitar pra cochilar e programar o despertador pra 30″ né?  quem conseguir me ensina como?? rs

Por isso, devemos prestar atenção,  no exagero de sono no período vespertino. Em casos de indivíduos com tendência muito forte a sentir sonolência no trabalho ou em alunos, após a aula matutina, a principal causa é a ausência de sono suficiente durante a noite(eu eu eeeu!).

Dormir mais de meia hora à tarde é um sintoma de que algo não vai bem no sono noturno.

Cabeça de vento? {eeuu??}

12 mar

Oi meninas!!

Muitas pessoas reclamam do meu jeitinho meio “desligado” de ser. Andei lendo algumas materias do que talvez possa ser a minha, a sua, a nossa saída.

Pra começar, a memória é a base para adquirir conhecimento.

Ela está relacionada com orientação no tempo e no espaço, bem como com habilidades intelectuais e mecânicas.

É extremamente importante para a aprendizagem, sendo responsável pelo registro e recuperação de experiências do passado. A memória é um fenômeno biológico e psicológico, envolvendo vários sistemas cerebrais que funcionam juntos. Portanto, a memória não está localizada em uma estrutura isolada do cérebro.

Toda vez que aprendemos alguma coisa, ou adquirimos alguma experiência, as células do cérebro sofrem uma alteração, a qual se refletirá em seu comportamento. O cérebro deve ser entendido como se fosse um músculo. Se não for usado, acaba atrofiando. Quem exercita o cérebro tem mais chance de manter a memória preservada.

Às vezes as pessoas se esquecem de alguma coisa. Pequenas perdas de memória são normais, desde que as informações esquecidas não interfiram no trabalho, nos estudos ou mesmo na vida familiar.

Pessoas com mais de 60 anos apresentam mais lapsos de memória. A freqüência de esquecimento pode indicar a necessidade de um check-up com um neurologista. Atualmente vários exames podem tornar o diagnóstico mais preciso.

Existem muitas coisas que podemos fazer para melhorar a memória:

1- Estimule-a . Aprenda coisas novas: novas habilidades e novos conhecimentos, tais como pintura, música, dança, computação ou um novo idioma.

2- Fique atenta. Concentre-se no que você considera mais importante, procurando afastar, naquele momento, todos os demais pensamentos.

3- Estresse, ansiedade e agitação dificultam muito a capacidade de manter a atenção e prejudicam a memória.

4- Praticar exercícios mnemônicos. Procure associar fatos a imagens e tente guardá-los na memória. Exemplo: feche os olhos e imagine uma pizza. Sinta o aroma, a massa crocante e o sabor do recheio. Se a sua boca se encheu de água enquanto você visualizou a pizza, você fez um bom trabalho (hihi q cena neh?rs)

5- Alimentar-se corretamente. Cereais, vegetais, frutas e massas possuem vitamina B12, ácido fólico e tiamina, que são importantes para a conservação da memória. A hidratação deve ser adequada, pois a falta de água tem um efeito prejudicial direto sobre a memória.

6- Praticar exercícios físicos. A atividade física regular traz benefícios para a memória. Uma simples caminhada diária contribui para a sua conservação.

7- Dormir bem. Uma noite de sono é fundamental para a memória. Quem sofre de insônia está sujeito a um processo de fadiga crônica, que prejudica a habilidade de concentrar-se e armazenar informações.

O uso de medicamentos para tratar a perda de memória é muito controvertido.

 Por isso, a melhor maneira de conservar a memória é exercitá-la todos os dias!!

Alimentos afrodisíacos!!

17 fev

Quem nunca ouviu falar em “alimentos afrodisíacos”?

Mas e aí, será que eles realmente existem? Seus efeitos são comprovados?

A palavra afrodisíaco vem de Afrodite, a deusa do amor, da beleza e possuidora de um forte poder sedutor.

Na realidade, não existe nenhuma comprovação científica a respeito desta teoria. O que se sabe é que alguns alimentos possuem nutrientes que auxiliam no bom desempenho sexual ou que, devido ao seu aroma, podem despertar o poder da imaginação.

No entanto, como não há nada a se perder, talvez consumir alguns alimentos e fazer um bom uso da sua imaginação, possa ter como resultado um bom desempenho sexual.

Tradicionalmente afrodisíacos

Ostras: ricas em zinco, mineral que contribui para a formação de testosterona, hormônio masculino.

Chocolate: possui propriedades estimulantes, liberando endorfina, que propicia uma sensação de bem estar meio vago neh..mas tudo bem, a gente ama e não tem nada a perder ingerindo neh? só kilinhos a mais.

Amendoim: esse é clássico ein? por ser rico em vitamina B3, contribui para vasodilatação sanguínea, aumentando a libido.

Pimenta, pimentões, curry e outros alimentos picantes: foram vistos como afrodisíacos porque seus efeitos fisiológicos – freqüência cardíaca elevada e sudorese – são similares às reações físicas experimentadas durante o sexo.

Outros alimentos como catuaba, cacau e ginseng possuem uma substância chamada feniletilamina que é responsável pela sensação de prazer.

Ao mesmo tempo em que podemos consumir alimentos que apimentem qualquer noite, outros alimentos devem ser evitados para que não a prejudiquem.

Alimentos que possuem gordura saturada: frituras, doces e carnes gordas que favorecem a presença de placas de gorduras, que impedem a circulação sanguínea, além de terem uma digestão mais lenta.

Bebida alcoólica: se consumida com moderação, poderá despertar a libido; porém, se consumida em excesso, pode causar impotência.

Alho e Cebola: procure evitar consumir estes temperos nesta noite, pois seu sabor acentuado poderá causar mau hálito.

Hortaliças brássicas e algumas leguminosas: repolho, brócolis, couve-flor, feijão, entre outros podem provocar gases, devido ao seu poder de fermentação.

O mais importante para que um prato se torne afrodisíaco é que tenha uma boa aparência, aroma fascinante e sabor agradável, estimulando os cinco sentidos para que a sua imaginação crie um clima todo especial.

loiras, ruivas ou morenas? {a mais estressadinha}

12 fev

Olha que demais o que eu andei lendo no meu tour científico!! interessante!

Aconteceu o seguinte: um estudo conduzido na Califórnia, entrevistou 156 mulheres, sobre o quão atraentes elas julgavam ser e como elas lidavam com os problemas cotidianos.

O resultado apontou que as moças que se achavam mais bonitas eram mais propensas a reagir de maneira agressiva e a se meter em conflitos do que as que se achavam menos atraentes.

E as loiras apareceram como as mais estressadinhas (hihihihi) de todas, talvez pelo fato de chamarem mais a atenção do público masculino que morenas e ruivas. Elas mostram-se na maioria das vezes, mais auto-confiantes.

A ambição dessas mulheres também era bem mais elevada do que a das que se achavam pouco atraentes.

Apesar de ter sido realizado com uma pequena amostra, o estudo sugere que essas pessoas tendem a ser assim, porque se adaptaram melhor ao longo da vida a resolver as coisas a seu favor.

Assim, quando a balança pesa pro outro lado, a pessoa tem dificuldade em aceitar o fato.

Faz sentido até, vai dizer que você não conhece meninas bonecas estressadinhas?

Hora do lanche! {universitárias}

9 fev

Oi meninas!!

Esse post é especial “volta às aulas”… muitas pessoas que trabalham durante o dia e estudam a noite, encontram dificuldades na hora de escolher os alimentos que vão consumir no jantar e qual horário fazer esse jantar.

Se tiver tempo de passar em casa antes de ir para a faculdade ou curso, o ideal é jantar antes de ir para a aula e comer uma fruta ou uma barra de cereais, na hora do intervalo.

Jantar somente quando chegar em casa não é indicado. Se tiver fome nesse horário você pode fazer uma ceia, com alimentos leves, mas o jantar deve ser feito até as 21 horas.

Mas se não tem como passar em casa antes, você tem 2 opções: ou leva um lanche de casa ou tenta escolher entre as opções propostas na cantina, a mais saudável.

Entre as melhores opções estão os salgados assados, pastéis de forno integrais.

Algumas cantinas dispõem de lanches mais saudáveis e balanceados como o beirute e mesmo o bauru, se puder ser com presunto magro e queijo branco, melhor ainda.

E cuidado com os sanduíches naturais, muitos deles tem grande quantidade de maionese, muitas calorias e podem não ser tão saudáveis quanto você imagina.

Escolher o que preparar para levar de casa, também é uma tarefa difícil. O famoso pão integral com peito de peru, queijo branco, alface e tomate pode ser variado, para que não coma todo dia a mesma coisa.

O pão integral pode ser substituído pelo pão de forma comum, pelo pão sírio, pelo pão de leite ou de cará e mesmo pelo pão francês.

O peito de peru pode ser substituído por presunto magro, peito de frango desfiado, carne fria fatiada, patê de atum com maionese light.

No lugar do queijo branco, prepare seu sanduíche com ricota, mussarela, cream cheese, requeijão light, queijo cottage.

Já a alface a e o tomate podem dar lugar a rúcula, agrião, milho verde, ervilha, cenoura, rabanete e beterraba ralada.

Com relação às bebidas, no lugar dos refrigerantes, mesmo os light e zero, prefira os sucos naturais e de polpa, os chás ou bebidas a base de soja.

Afinal, não é porque somos universitárias que devemos virar um balãozinho né?

Coluna ereta = barriga chapada

4 fev

A postura está intimamente relacionada à silhueta.

Aquela barriguinha incômoda pode ser causada por um outro vilão que não é a gordura localizada, mas a maneira incorreta que você posiciona o seu corpo. E com a tendência crescente de as pessoas trabalharem diante de um computador, sentadas por ininterruptas horas, a má postura é cada vez mais comum – e uma das consequências disso é o aparecimento da barriga saliente.

Problemas como a escoliose e a lordose, que são alterações da estrutura do corpo, podem prejudicar a postura e fazer com que essa saliência apareça.

Fique alerta!

Qualquer pessoa que não cuide da postura, mesmo que não tenha esses problemas, pode acabar vendo que aquela pequena barriga não some.

Em todas essas situações citadas, porém, é possível reeducar-se e aprender a manter a coluna ereta – medida que, além de outros benefícios, melhora a silhueta. 

A  adoção de atividades físicas, como pilates e RPG (técnica de exercícios posturais) são os métodos mais recomendados.

A falta de exercícios promove a flacidez dos músculos e sobrecarrega a coluna vertebral, portanto, a pessoa que não se exercita tem mais dificuldade de manter a postura.

Além de atividade física, atitudes simples para quem passa grande parte do dia sentado ajudam a corrigir o problema.

– As cadeiras precisam ter apoio para os braços. Descanse os cotovelos neles, a 90 graus, e apoie os pulsos na mesa para digitar no teclado do computador. Além disso, nunca fique mais de 60 minutos sentada. Levante-se de hora em hora, para pegar água ou ir ao banheiro;

– Faça um X imaginário na tela do computador. Veja se a área entre o nariz e os olhos está na direção do centro do monitor, onde as linhas do X se cruzam. Se não estiver, coloque livros sob o monitor até que ele fique na altura correta;

– Caso o seu computador seja um notebook, evite usá-lo na cama ou no colo. Isso altera as curvas fisiológicas da coluna. O ideal, aliás, é não usar o aparelho para trabalhar o dia todo. Prefira um computador convencional. Caso não seja possível, encaixe um mouse e um teclado independentes e deixe a tela na posição correta (como explicado acima);

–  Quando conversar ao telefone, não prenda o aparelho entre a cabeça e o ombro, entortando o pescoço. Segure-o com a mão.